Sinalização #2 – Estudo e Uso de Pictogramas

, 01/03/2011, DESIGN GRÁFICO

Hoje, irei fazer mais um post sobre sinalização, mostrando alguns fundamentos e mostrando a história da sinalização, desde os primeiros conceitos até os processos de criação e usabilidade de pictogramas e de regras como redução e consistência. Irei explicar melhor ao longo do texto!

O começo do estudo e desenvolvimento de sinalizações se deu em 1936, com livros como: Idioma gráfico internacional -Pictogramas Neurath – Sistema Internacional de Desenhos Tipográficos. Neurath tinha alguns conceitos, que mostrarei abaixo:

1249429692 Sinalização #2 – Estudo e Uso de Pictogramas

Redução:

Diz respeito à forma mais simplificada de um elemento ou de um desenho, como por exemplo, desenho por meio de silhuetas (como os vetores de hoje em dia) pode exemplificar este princípio.

Consistência:

Um padrão de estilo e uniformidade no uso de um conjunto de pictogramas. Padronização no seu uso, permitindo que este conjunto seja compreendido por um grupo de pessoas.

3 Impressões:

Percepção das propriedades mais importantes; percepção das propriedades menos importantes; percepção das propriedades adicionais. Sendo assim, no projeto de sinalização é importante sempre deixar em evidência os elementos mais importantes, e deixar com pouco destaque os menos importantes. Como por exemplo uma sala, sempre deixar em evidência o número da sala, e após, pode-se colocar em menos evidência o logo da empresa ou mesmo o que se trabalha nessa sala.

sina2 Sinalização #2 – Estudo e Uso de Pictogramas

Pictogramas

É um símbolo que representa um objeto ou conceito por meio de desenhos figurativos ou é a forma de escrita pela qual idéias são transmitidas através de desenhos. Teve sua origem na antiguidade, com a escrita cuneiforme e hieróglifos.

Atualmente, o uso de pictogramas está cada vez mais freqüente, como para diferenciar os sexos, para sinalização de locais públicos, em infográficos, e claro, em algumas representações esquemáticas de peças gráficas.

Parecem absolutamente auto-explicativos e universais, porém possuem limitações culturais – como pictogramas de banheiro, pois usuários de países não-ocidentais podem se confundir com os pictogramas.

Pictogramas 01 Sinalização #2 – Estudo e Uso de Pictogramas

Nos anos 40, CharlesBliss, influenciado por Neurath, reforçou a crença de que o uso de símbolos é a melhor e a mais efetiva ferramenta para dar e receber informações. Para a interpretação do pictograma é necessário somente a percepção. A visão do pictograma faz com que compreendamos a informação, independente da língua que a pessoa fale.

Os pictogramas foram usados diversas vezes com o passar dos anos:

• 1968 -Convenção da ONU – Viena – 1ª Unificação Internacional dos Sinais de Circulação Viária: Uso dos pictogramas devido o crescimento do turismo e uso constante de ruas e estradas por motoristas estrangeiros.
• 1972– Sistema de Pictogramas Otl Aicher – Olimpíadas de Munique
• 1974 –Comitê para desenvolver um sistema uniforme, simples e de reconhecimento internacional.American Institute of Graphic Arts (AIGA).

Com o sistema Aiga, usava-se símbolos consistentes; uma forma simplificada, para facilitar a comunicação. Como disse antes, independente da língua usada, a pessoa conseguiria entender a informação passada. Obteve-se grande divulgação e aceitação de uso.

 

Zema

Anúncios
Etiquetado

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: