O poder das vitrines: impossível não olhar para elas Edi Caires – Post 8

o poder das vitrines: impossível não olhar para elas

Poucas pessoas resistem a parar e dar uma olhadinha em uma bela vitrine. Sites comoVitrine Voyeur e Le Journal Des Vitrinesselecionam exemplos de lojas ao redor do mundo que exibem seus produtos de forma criativa, despertando a atenção de quem passa. SegundoSilmara Carneiro, da NT Vitrina, o segredo de uma boa vitrine é mostrar o produto, mas sem exageros. “É importante ter bom senso. Usar a iluminação correta, evitar o excesso de artigos expostos e seguir o mesmo estilo nos padrões e nas cores escolhidos são fundamentais para um bom resultado”, afirma ela.

Silmara explica que uma bela vitrine exige planejamento. “É preciso definir o público com o qual se trabalha para estabelecer a mensagem a ser passada. No caso de uma vitrine temática, por exemplo, o profissional precisa montar algo com começo, meio e fim, para não correr o risco de o resultado ficar confuso”, ensina ela. “De modo geral, o ideal é usar um fundo em tom mais neutro, evitando a poluição visual, ou diminuir o número de produtos expostos, no caso de o cenário ter cores mais carregadas”, complementa Silmara.

Preparamos uma galeria com algumas vitrines e pedimos a Silmara para analisar a decoração de três delas:

Vitrine da Printemps com vestido de Alexander MacQueen – “Esse tipo de vitrine vende o conceito da marca, não o produto. O trabalho do vitrinista se baseou na temática conferida, que tem a ver com o lúdico, o universo infanto-juvenil, e expõe com muito louvor um belíssimo vestido de festa num cenário nada convencional”, diz Silmara.

Vitrine da Lanvin – “Destaque para a harmonia e o despojamento na exposição dos produtos, bem como a iluminação perfeita. Que mulher resistiria a uma vitrine arrumada de tal maneira, com bolsas, vestidos e acessórios nesse clima de festa que o público feminino adora?”, desafia Silmara.

Vitrine da H&M – “Foi montada da forma expositiva mais comum, com manequins e bustos, mas sem perder o ritmo, o movimento e a suntuosidade. A coordenação de cores está muito bem apresentada e o painel retrô iluminado (backlight) confere o toque de glamour na exposição, colaborando com a iluminação ambiental do espaço”, conta Silmara.

Edi Caires
Anúncios
Etiquetado

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: