Através da sinalização, os responsáveis pelo trânsito encaminham aos usuários uma grande variedade de informações necessárias para um trânsito seguro.

Através da sinalização, os responsáveis pelo trânsito encaminham aos usuários uma grande variedade de informações necessárias para um trânsito seguro.

 

 

 

O que o aluno deve memorizar

 

A diferença entre sinalização vertical e horizontal.

 

O significado das diferentes cores usadas na sinalização vertical.

 

A significação dos símbolos usados na sinalização.

 

 

 

 

 

 

 

Sumário

 

1. Princípios gerais

 

2. A sinalização vertical

 

3. A sinalização horizontal

 

4. Anexo: quadro das placas de sinalização vertical

 

 

 

1. Princípios gerais

 

As vias públicas constituem um espaço partilhado ao mesmo tempo por milhares de usuários. Esta coabitação permanente só é possível na medida em que este espaço esteja organizado.

 

A sinalização – vertical e horizontal – constitui a línguagem comum, claramente definida, portadora das informações que vão permitir o escoamento do tráfego sem incidentes. Esta sinalização padronizada é destinada a todas as categorias de usuários: condutores de veículos, ciclistas e pedestres.

 

Todos os usuários devem conhecer esta línguagem para que possam compartilhar a convivência no trânsito.

 

Mais que um quadro completo, as páginas que se seguem apresentam os princípios gerais, cujo aprendizado deve permitir que se alcance a seguir a percepção do significado, mais sutil do que parece, dos vários elementos da sinalização vertical e da sinalização horizontal.

 

 

 

 

 

2. A Sinalização vertical

 

As placas de sinalização vertical dividem-se em três categorias destinadas respectivamente à regulamentação, advertência e indicação. Cada categoria tem uma cor diferente:

 

   

Fundo

 

 

Orla

 

 

Tarja

 

 

Letras, números

 

 

Símbolo

 

 

Regulamentação

 

 

Branco

 

 

Vermelho

 

 

Vermelho

 

 

Preto

 

 

Preto

 

 

Advertência

 

 

Amarelo

 

 

Preto

 

   

Preto

 

 

Preto

 

 

Indicação

 

Orientação

 

 

 

 

Verde

 

   

 

 

Branco

 

 

 

 

Branco

 

 

 

 

Branco

 

 

Serviços

 

 

Azul

 

   

Branco

 

 

Branco

 

 

Branco

 

 

 

 

Placas de regulamentação

 

Exemplos

R-1: Parada obrigatória R-2 Dê a preferência R-4 a:

 

Proibido virar a esquerda

R-6 b: Estacionamento regulamentado R-7:

 

Proibido ultrapassar

R-12:

 

Proibido trânsito de bicicletas

R-34:

 

Trânsito exclusivo de bicicletas

R-29: Proibido trânsito de pedestre

 

R-31: Pedestre ande pela direita R-32: Circulação exclusiva de Ônibus

 

Placas de advertência

 

Exemplos

 

 

A-15: Parada obrigatória à frente

 

 

A-12: Interseção em Círculo

 

 

A-18: Saliência ou Lombada

 

 

A-30 a

 

Trânsito de Ciclistas

 

 

A-30 b:

 

Passagem Sinalizada de Ciclistas

 

 

A-32 a: Trânsito de Pedestres

 

 

A-32 b: Passagem Sinalizada de Pedestres

 

 

A 33 a: Área Escolar

 

 

A 33 b:

 

Passagem Sinalizada de Escolares

 

 

A 34:

 

Crianças

 

 

 

 

2. A SINALIZAÇÃO HORIZONTAL

 

A sinalização horizontal também é utilizada para transmitir mensagens aos condutores e aos pedestres, pois:

 

Permite o melhor aproveitamento do espaço viário disponível, maximizando seu uso;

 

Aumenta a segurança dos usuários em condições adversas como neblina, chuva e escuridão noturna;

 

Contribui para a redução de acidentes;

 

Extrato do Manual de Sinalização Horizontal do DENATRAN)

 

 

 

Padrão de cores:

 

Amarela, utilizada para:

 

– Separar movimentos veiculares de fluxos opostos;

 

– Regulamentar ultrapassagem e deslocamento lateral;

 

– Delimitar espaços proibidos para estacionamento e/ou parada;

 

– Demarcar obstáculos transversais à pista (lombada).

 

Branca, utilizada para:

 

– Separar movimentos veiculares de mesmo sentido;

 

– Delimitar áreas de circulação;

 

– Delimitar trechos de pistas, destinados ao estacionamento regulamentado de

 

veículos em condições especiais;

 

– Regulamentar faixas de travessias de pedestres;

 

– Regulamentar linha de transposição e ultrapassagem;

 

– Demarcar linha de retenção e linha de “Dê a preferência”;

 

– Inscrever setas, símbolos e legendas.

 

Vermelha, utilizada para:

 

– Demarcar ciclovias ou ciclofaixas;

 

– Inscrever símbolo (cruz).

 

Azul, utilizada como base para:

 

– Inscrever símbolo em áreas especiais de estacionamento ou de parada para

 

embarque e desembarque para pessoas portadoras de deficiência física.

 

Preta, utilizada para:

 

– Proporcionar contraste entre a marca viária/inscrição e o pavimento, (utilizada

 

principalmente em pavimento de concreto) não constituindo propriamente uma

 

cor de sinalização.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Exemplos:

 

 

 

 

 

Linha de divisão de fluxos opostos

 

LFO-1: Simples, contínua.

 

Deslocamentos laterais e ultrapassagem são absolutamente proibidos

 

 

 

 

 

Linha de divisão de fluxos opostos

 

LFO-2: Simples, seccionada.

 

Deslocamentos laterais e ultrapassagem são permitidos

 

 

 

 

 

Linha de divisão de fluxos opostos

 

LFO-3: Dupla, contínua.

 

Deslocamentos laterais e ultrapassagem são absolutamente proibidos

 

Substitui a LFO-1 em trechos com pouca visibilidade

 

 

 

Linha de divisão de fluxos opostos

 

LFO-4: Mista, contínua seccionada.

 

Deslocamentos laterais e ultrapassagem são possíveis para quem se encontrar do lado da linha descontínua

 

 

 

Linha de divisão de fluxos de mesmo sentido

 

LMS

 

Contínua onde são proibidas a transposição de faixa e a ultrapassagem.

 

 

 

Linha de bordo

 

LBO

 

A LBO delimita, através de linha contínua, a parte da pista destinada ao deslocamento dos veículos, estabelecendo seus limites laterais.

 

 

 

 

 

Marcação de ciclofaixa ao longo da via (MCI)

 

A MCI delimita a parte da pista de rolamento destinada à circulação exclusiva de bicicletas, denominada ciclofaixa.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Exercícios

 

 

 

  1. Caracterize e defina sinalização horizontal e sinalização vertical.
  2. Qual a diferença entre regulamentação, advertência e indicação?
  3. Assinale o significado das seguintes placas:

 

 

5-6 c

 

 

 

( )Proibido Estacionar

 

( )Proibido Parar

 

( )Estacionamento Regulamentado

 

( )Proibido Estacionar e Parar

 

 

R-25 a

 

 

 

( )Vire à Direita

 

( )Proibido Dobrar à Esquerda

 

( )Curva à Esquerda

 

( )Vire à Esquerda

 

 

A-18

 

 

 

( )Trem

 

( )Pista Irregular

 

( )Depressão

 

( )Saliência ou Lombada

 

 

A-30 a

 

 

 

( )Placa de Advertência

 

( )Sinalização Horizontal

 

( )Placa de Indicação

 

( )Proibido Trânsito de Bicicleta

 

 

S-14

 

 

 

( )Terminal Rodoviário

 

( )Ponto de Parada

 

( )Transporte sobre Água

 

( )Abastecimento

 

 

S-15

 

 

 

( )Sinalização Vertical Semi-Refletiva

 

( )Placa de Indicação

 

( )Posto de Informações

 

( )Serviço Sanitário

 

 

S-16

 

 

 

( )Abastecimento

 

( )Terminal Ferroviário

 

( )Borracheiro

 

( )Pedágio

Anúncios
Etiquetado

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: